Semana Pedagógica 2018

Como tudo na vida, o trabalho escolar é cíclico. Encerramos um ciclo e nos preparamos para o início de outro. E é assim o tempo todo.

É muito comum para nós professores iniciarmos um novo ano letivo com a Semana Pedagógica. Algumas escolas, sistemas e redes de ensino a chamam de Jornada Pedagógica. Mas o título é apenas um detalhe. O fato é que ela tem como objetivo reunir o corpo docente para planejar de forma integrada um novo ano letivo, estabelecendo quais serão os caminhos a percorrer visando alcançar os fins educacionais pretendidos. Geralmente, é adotado um tema que fundamenta as reflexões necessárias aos desafios impostos à docência.

O Colégio Padre Viana realizou sua Semana Pedagógica 2018 nos dias 15 a 19 de janeiro, adotando o seguinte tema: “Atitude positiva – Uma marca chamada você!”. É sobre ela que escrevo este relato com o desejo de registrar aqui os aspectos que enriqueceram a minha experiência docente no que tange às atitudes positivas vivenciadas nesses dias e propostas pelo tema.

Destaco inicialmente o reencontro dos professores na chegada ao colégio. A confraternização espontânea, os abraços afetuosos, a gratuidade dos sorrisos, a informalidade das conversas, a expressão de quem se gosta e por isso sente a falta, a saudade do coleguismo e do compartilhamento diário na sua completude, a alegria do recomeço e a certeza de que alimentar as boas relações humanas e o bom convívio no ambiente de trabalho é possível e vale muito a pena.

A palestra da primeira noite com o Prof. Cícero Ricardo Cavalcante, do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio, sobre o significado do ser professor e a necessária afetividade na prática pedagógica nos fez refletir quanto à importância do olhar atento voltado para os nossos alunos na construção de uma educação cuja responsabilidade deve ser compartilhada com eles, mas também com a escola, com a comunidade, com a família e com o Estado.

Na segunda noite, o minicurso “O poder da ação”, ministrado pelo coaching e psicólogo em formação Rodrigo Gurgel, de Fortaleza-CE, foi por demais significativo e afetou positivamente a quase totalidade dos professores e funcionários pelos conteúdos dinamicamente abordados, mas também pelo fato de ser o ministrante um ex-aluno do colégio.

Nos reunimos na manhã do terceiro dia e os trabalhos foram iniciados pelas psicopedagogas do colégio, Pedrina Siane Araújo Figueirêdo e Fernanda Tavares Felinto, que até o último dia fizeram a acolhida diária dos professores através de dinâmicas voltadas para o tema da atitude positiva. Em seguida, o Diretor Administrativo do colégio, Artur Napoleão Araújo Teles, antecipou alguns direcionamentos e ações que serão adotadas no ano letivo que se inicia. Logo após, eu tive a grata satisfação de conduzir, em parceria com os coordenadores de área do conhecimento, Ubirajara Malaquias da Cruz (Ciências) e Francisco David dos Santos Júnior (Humanas), a mesa redonda sobre os impactos da BNCC – Base Nacional Comum Curricular – na escola, tendo em vista que o Sistema Positivo de Ensino, adotado pelo colégio, já iniciou a implementação das adequações exigidas pela BNCC no material didático do 6º e 7º anos do Ensino Fundamental. Foi bastante positiva a experiência de construir essa ponte para unir e reunir os professores em torno de um novo conhecimento, num mundo em que a sociedade constrói muros e gera divisões de toda ordem.

Os dois últimos dias foram destinados ao planejamento pedagógico propriamente dito, onde nós professores nos reunimos por área de conhecimento, em salas diferentes, com os nossos respectivos coordenadores de área, a fim de conhecer as adequações realizadas pelo Sistema Positivo de Ensino no material didático, como também discutir as estratégias de execução das ações previstas. Como é bom trabalhar em equipe, com todos os envolvidos sentindo-se parte do processo. Um complementando as ideias do outro, compartilhando experiências exitosas e enriquecendo a prática docente de todos.

Participar da Semana Pedagógica 2018 do Colégio Padre Viana foi uma experiência bastante significativa, por tudo que ela nos proporcionou ao aliar a formação docente à formação humana. Um investimento indispensável numa escola que preza pela qualidade do seu trabalho, dos seus profissionais e consequentemente dos serviços que oferece à sociedade. Por isso está consolidado no mercado como um colégio de referência e excelência em educação, unindo a solidez da tradição e o desafio da inovação para evoluir sempre.

Wagner David Rocha
(Professor de Literatura, Especialista em Língua Portuguesa e Arte-Educação pela URCA, Mestre em Letras pela UFCG e Coordenador da área de Linguagens do Colégio Padre Viana).


Campanha Setembro Amarelo
21 a 26 de setembro de 2017

O Colégio Padre Viana, através do seu núcleo de Psicologia e Psicopedagogia, desenvolveu a Campanha Setembro Amarelo na qual os alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio participaram ativamente das vivências de conscientização e reflexão sobre as temáticas ligadas ao suicídio.

A programação contou com pesquisas, debates, seminários e rodas de conversa protagonizadas pelos próprios alunos, na sala de aula e em espaços extraclasse. Tudo orientado pela psicopedagoga do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio, Pedrina Siane Araújo Figueirêdo, com o objetivo de despertar a comunidade escolar para o perigo que o suicídio representa na contemporaneidade.

A campanha foi encerrada com uma palestra ministrada pelo médico psiquiatra Dr. Ewerton Pinheiro, que fez uma esclarecedora abordagem sobre o tema.
Além de momentos emocionantes, outro ganho bastante significativo foi a integração entre os professores e os alunos ao longo da campanha.

Pedrina Siane Araújo Figueirêdo
(Psicopedagoga do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do
Colégio Padre Viana).

Confira as fotos da Palestra com Professor Cícero Ricardo.

Confira as fotos da Palestra com Rodrigo Gurgel.